O Universo Tem Jeito Jesus Cristo

No Princípio Era O Verbo Que A Tudo Criou...

Mapa da Àrea Central de Tiradentes Minas Gerais

Mapa da Àrea Central de Tiradentes Minas Gerais
Tiradentes Turístico, Histórico, Cultural da Humanidade

Tiradentes 2016 * 298 Anos de História & Cultura

Tiradentes 2016 * 298 Anos de História & Cultura
Tudo Começou Com O Nascimento do Mártir da Inconfidência Mineira

Tiradentes Patrimônio Histórico Cultural

Teatro SESI Tiradentes em Tiradentes Minas Gerais

Espetáculos e Concertos em uma das mais Charmosas Cidades Mineiras 
Localizado no coração de Tiradentes, em pleno Centro Histórico, o Teatro SESI Tiradentes oferece ao público local espetáculos teatrais, musicais e de dança. Venha conferir e fazer parte desse grande momento cultural!

Teatro SESI Tiradentes 
Centro Cultural Yves Alves 
Rua Direita, 168 - Centro - Tiradentes - MG - CEP 36.325-000 Tel: (32) 3355-1503 
E-mail: ccya@fiemg.com.br www.sesitiradentes.com.br





Equipado com poltronas confortáveis, sistema de ar-condicionado central, equipamentos de som, iluminação e projeção, o auditório possui a capacidade de 120 lugares (109 na plateia e 11 no camarote).


Sêlo Alusivo Aos 298 Anos de Emancipação do Município de Tiradentes


298 Anos de Emancipação Político-Administrativa do Município de Tiradentes Aos 19 de Janeiro de 1718
Banner Alusivo Aos 298 Anos de Tiradentes Turismo Pelo Patrimônio Histórico Mineiro
Apoio Cultural

Tiradentes 298 Anos de História e Cultura

Histórico 
Os primeiros povoadores das terras do atual município de Tiradentes foram os paulistas, atraídos por cascalhos e manchas de ouro nos montes e na Bacia do Rio das Mortes. A região foi desbravada por Tomé Portes del Rei, guarda-mor distrital estabelecido nas imediações da atual São João del Rei. Durante suas andanças à cata de ouro, um de seus garimpeiros - João de Siqueira Afonso - chegou àquelas paragens, e alertou Portes sobre a existência de ouro no sopé da Serra de São José. Siqueira Afonso fundou, em 1702, o primeiro agrupamento de garimpeiros no local denominado Arraial de Santo Antônio. Em 1705, foram descobertos os veios auríferos das serras, na região. A região foi palco das lutas entre paulistas e emboabas*, e os sobreviventes se instalaram na Várzea do Marçal, até a pacificação da região. Em 1718, foi criada a segunda vila do rio das Mortes, com o nome de São José, em homenagem ao Príncipe D. José, então com quatro anos de idade, filho de D. João V. Com a exploração do ouro em grande escala, sua população cresceu provocando um aumento rápido de moradias, além da construção de igrejas e casas comerciais. Em 1719, foi criado o município de São José del Rei, mais tarde São José do Rio das Mortes. A criação do distrito data de 1724 e, em 1849, o território do atual município foi desmembrado de São João del Rei. Em 1860, a sede municipal foi elevada à categoria de cidade e, em 1889, recebeu o nome de Tiradentes. A cidade também é conhecida como o “Berço do Mártir da Independência”, Joaquim José da Silva Xavier - o Tiradentes, que nasceu em 1746 na Fazenda do Pombal, entre São José del Rei e a atual Tiradentes. Ele foi executado em 21 de abril de 1792, no Rio de Janeiro, por ter sido um dos líderes da Inconfidência Mineira (1789). O grupo de conspiradores - composto de homens cultos e influentes - tinha em Joaquim José da Silva Xavier um de seus adeptos. Tiradentes foi preso no Rio de Janeiro, em maio de 1789. Condenado e enforcado, depois de percorrer as principais ruas do centro do Rio de Janeiro. Após o enforcamento, sua cabeça foi cortada e o corpo esquartejado. Com seu sangue lavrou-se uma certidão de que fora cumprida a sentença. Seus restos mortais foram mergulhados em salmoura e levados para a Capitania de Minas Gerais. A cabeça - colocada em uma gaiola apodreceu em um poste, em Vila Rica, enquanto outras partes do corpo ficaram expostas ao longo do Caminho Novo, que Tiradentes Percorria Pregando a Libertação do Brasil da Coroa Portuguesa.





Tiradentes


Maria Fumaça Passeio de Tiradentes à São João del Rey


Tiradentes é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Suas antigas denominações foram "Arraial Velho de Santo Antônio", e "Vila de São José do Rio das Mortes" e Cidade de São José del-Rei. O nome São José resulta de homenagens ao então príncipe de Portugal D. José I. A vila de São José resultou do desmembramento da vila de São João del-Rei em 1718. As lavras de São José del-Rei foram descobertas por João de Siqueira Afonso, em 1702, nos primórdios do século XVIII.

Ao ser proclamada a República, o governo republicano precisava de um herói que, segundo os novos governantes, representasse esses ideais. A escolha caiu sobre o alferes Joaquim José da Silva Xavier, que além de tudo combateu um governo monárquico. Dessa feita, foi mudado o nome da cidade para Tiradentes. Tiradentes tornou-se um dos centros históricos da arte barroca mais bem preservados do Brasil, por isso voltou a ter importância, agora turística, na metade do século XX, foi proclamada patrimônio histórico nacional tendo suas casas, lampiões, igrejas, monumentos e demais partes recuperadas



Tiradentes 298 Anos de História e Cultura https://sites.google.com/site/minasdasminasgerais/tiradentes---minas-gerais








Apoio Cultural Fundação Reviver